A Comissão do Esporte debate hoje a desigualdade de condições e de oportunidades na profissionalização do esporte entre mulheres e homens.

O deputado Ezequiel Teixeira (Pode-RJ) cita reportagem que exibida no programa Esporte Espetacular, da TV Globo, em que a ex-levantadora da seleção brasileira e campeã olímpica Dani Lins denunciou o preconceito e a segregação que sofreu pelo fato de externar sua vontade em ser mãe aos dirigentes do Clube Osasco.

“Feito o anúncio do desejo em ser mãe, o clube optou por não renovar seu contrato. Não bastasse a dor e o sofrimento da medalhista olímpica Dani Lins, a reportagem noticia outros episódios de preconceito de gênero”, afirma o deputado, que pretende discutir formas de impedir ações dessa natureza.

Foram convidados, entre outros:
– a atleta olímpica de Saltos Ornamentais (participação por web conferência) Juliana Veloso;
– a atleta olímpica de Remo Fernanda Nunes Leal Ferreira;
– a procuradora do Trabalho Ludmila Reis Brito Lopes; e
– o doutor em Direito e Professor da Universidade Veiga de Almeida, Leonardo Rabelo de Matos Silva.

O debate será realizado às 15 horas, no plenário 14, e poderá ser acompanhada ao vivo pelo e-Democracia

Reprodução: Câmara Notícias

Share This Story!

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.